Pedrouços existe enquanto freguesia independente desde 1985 (Lei n.º 91/85, de 4 de outubro), sendo a mais recente freguesia das 17 que integravam o concelho da Maia, antes da reorganização administrativa de 2013, tendo mantido o seu estatuto após a referida reforma. Desde há muito terra de gente ilustre, muitos(as) foram aqueles(as) que contribuíram para a sua criação, mas, desde então, também foram muitos(as) aqueles(as) que de forma pessoal e/ou institucional contribuíram abnegadamente para o desenvolvimento e engrandecimento de Pedrouços.

O resultado desse esforço, é visível ao longo dos tempos, refletindo-se na melhoria da qualidade de vida da população residente aos mais variados níveis, designadamente nas áreas da saúde, educação, habitação, infraestruturas rodoviárias, sociais, associativas, desportivas, de lazer, infraestruturas da própria autarquia e quartel dos bombeiros, bem como no elevado nível de segurança que hoje se regista.

Apesar de todo o trabalho já feito, muito há ainda a fazer e para isso é essencial o contributo de todos, pois por mais singelo que possa parecer o contributo, na realidade a soma de todos os contributos acaba por ter um papel decisivo para o progresso, de forma a que Pedrouços não seja apenas um “dormitório”, mas sim um local distinto e de prestigio, com traços de nobreza, onde nos orgulhamos de residir, onde gostamos de conviver, onde nos integramos de forma genuína e salutar.

É neste sentido que tem trabalhado o Executivo e a Assembleia de Freguesia de Pedrouços, acolhendo todos os que a eles se dirigem, ouvindo os interessados e dando seguimento à resolução dos problemas que lhes são diariamente apresentados.

Por questões de limitação de espaço e das funções que tenho a honra e o privilégio de exercer como Presidente da Assembleia da Freguesia de Pedrouços e considerando, como considero, que a Escola e a Educação são estruturantes para a qualidade de vida da nossa comunidade, tomarei a liberdade de destacar a moção que foi aprovada, por unanimidade, nesta Assembleia de Freguesia, para a criação de uma Comissão de Trabalho (CT) com o objetivo de tratar da questão da Implementação do Ensino Secundário Regular e Profissional no Agrupamento de Escolas de Pedrouços. Esta CT integra, além do Presidente da Assembleia de Freguesia de Pedrouços, um representante de cada uma das forças políticas eleitas para esta Assembleia, o Presidente da Junta de Freguesia de Pedrouços e o Diretor do Agrupamento de Escolas de Pedrouços. Tendo por base o trabalho, até então, desenvolvido por esta CT, cumpre-me louvar a forma empenhada e a elevação com que todos(as) os(as) intervenientes têm trabalhado nesta Comissão, o que permitiu que no ano letivo em curso o Agrupamento de Escolas de Pedrouços visse aprovada a abertura do ensino secundário profissional, estando-se agora a trabalhar para a aprovação do ensino secundário regular. Para o efeito, encontra-se a circular uma Petição, com o objetivo de reunir o máximo de assinaturas, de modo a demonstrar ao Ministério da Educação e restantes órgãos intermédios envolvidos, a importância que a abertura do ensino secundário regular representa para toda a população da Freguesia de Pedrouços e para o Agrupamento de Escolas de Pedrouços, pelo que deixo, desde já, o apelo ao contributo de todos(as) para subscreverem a referida Petição, de modo a que no mais curto espaço de tempo possamos recolher as assinaturas necessárias para que, se for necessário, possamos levar a questão a discussão na Assembleia da República. Caso pretenda dar o seu contributo, basta deslocar-se à Junta de Freguesia de Pedrouços e assinar a referida Petição.

Também o Regimento da Assembleia de Freguesia de Pedrouços sofreu profundas alterações no último ano face ao anteriormente existente, permitindo-se, agora, que o Público possa intervir na parte inicial da Assembleia e não no fim, como acontecia anteriormente.

Por uma questão de transparência e de proximidade com a população que nos elegeu, também ao longo deste ano se iniciou a publicação dos editais, das atas e dos documentos aprovados em Assembleia de freguesia, na página de Internet da Junta de Freguesia de Pedrouços, permitindo-se, assim, que toda a população possa aceder e analisar esses documentos, de forma fácil e prática, podendo acompanhar, praticamente em tempo real, o trabalho desenvolvido por estes órgãos autárquicos e o impacto que o mesmo tem no seu dia a dia. Pelos mesmos motivos de transparência e proximidade, todos os membros da Assembleia de Freguesia de Pedrouços estão devidamente identificados na página web da Junta de freguesia de Pedrouços, sendo expectável que em breve, junto ao nome e fotografia de cada um(a) também conste o endereço de correio eletrónico institucional para que qualquer interessado(a) possa contactar com o(a) deputado(a) da Assembleia de Freguesia que entenda que melhor pode defender os seus interesses.

Para terminar, agradeço a todos os que têm participado nas sessões já realizadas da Assembleia de Freguesia de Pedrouços e aproveito para convidar toda a População a participar nas várias sessões da Assembleia de Freguesia de Pedrouços que se irão realizar ao longo dos próximos anos, desafiando, assim, à pratica de uma cidadania ativa, que nos permita a todos(as), em conjunto, de forma nobre e distinta, tornar Pedrouços uma Freguesia cada vez melhor e mais capaz de oferecer um elevado nível de qualidade de vida a todos(as) que escolheram e escolhem Pedrouços para viver.

O Presidente da Assembleia de Freguesia de Pedrouços.
António Fonseca.